VOLTAR     

 

DEDOBRAMENTO

 

 

Nas incorporações e algumas outras formas de comunicação, e de acordo com o tipo e grau da mediunidade, acontece o desdobramento do médium, ou seja, ele sai do corpo físico, mas permanecendo sempre em ligação com o mesmo através de um cordão fluídico* ou magnético, conhecido também como o “cordão prateado”, que liga o perispírito (corpo espiritual) ao corpo carnal. Nas incorporações de espíritos inferiores é importante que permaneça próximo e sempre atento aos acontecimentos para controlar, até certo ponto, a manifestação, não permitindo ao comunicante atos indevidos ou o uso de palavras impróprias.

O desdobramento também acontece em trabalhos específicos, tais como, prestar assistência a algum necessitado encarnado, ir até alguma zona umbralina ou mesmo trevosa buscar algum espírito necessitado de socorro etc.

Algumas vezes, e conforme as situações, enquanto se procede ao encerramento dos trabalhos, o médium desdobrado é levado a lugares de refazimento, geralmente redutos energéticos tais como a beira mar, o campo, e até mesmo instituições no mundo espiritual para receber recursos importantes para seu equilíbrio físico e psíquico. Creio até que a palavra final do Mentor, habitual em atividades mediúnicas, se deva também à necessidade de tempo para a realização desse trabalho de limpeza do campo magnético dos médiuns e sua reenergização, para que não sofram qualquer transtorno em seus organismos. É claro que isto também pode ser, e é feito, no próprio ambiente do Centro.

 

* Esses termos, fluídico, magnético, energético etc. são utilizados na falta de outros mais exatos, mesmo porque, no terreno do conhecimento espiritual, estamos ainda engatinhando. Há muita divergência em torno do significado dessas palavras. Alguns desaprovam a designação “fluidos”, porque refere-se às substâncias líquidas ou gasosas. Mas lembramos que na codificação do Espiritismo, os espíritos falam no fluido universal, ou primitivo, ou elementar, que exerce o papel de intermediário entre o espírito e a matéria, sendo suscetível de inumeráveis combinações, tais como a eletricidade, o magnetismo etc. (O Livro dos Espíritos, questões 27 e 27-a).

"Extraído do livro “Mergulho no Invisível”.

 

 

Quem quiser se aprofundar nessas questões de desdobramento, sugerimos o livro INICIAÇÃO - Viagem astral, do espírito Lancellin, psicografado por João Nunes Maia.

Nesse livro, o autor narra atividades do grupo comandado pelo espírito Miramez, que havia selecionado 1.000 médiuns para iniciá-los em desdobramento consciente, que é bem diferente do simples desdobramento do sono.

É leitura agradável e elucidativa.